Como cuidar da saúde mental?

Saúde das pessoas mais velhas no Centro

Saúde das pessoas mais velhas no Centro

Saúde das pessoas mais velhas no Centro

A terceira idade, marcada pela sabedoria e experiência acumuladas ao longo dos anos, oferece também a oportunidade de desfrutar de uma vida plena e saudável. E a atividade física se configura como um elemento crucial nessa jornada, promovendo bem-estar físico, mental e social, e contribuindo para uma longevidade ativa e autônoma.

Um corpo mais forte e resistente:

Envelhecer é um processo natural, mas os seus efeitos podem ser minimizados por meio da prática regular de exercícios físicos. A atividade física combate a perda muscular, um dos principais fatores responsáveis pela fragilidade na terceira idade. Através do fortalecimento muscular, os ossos também se beneficiam, prevenindo a osteoporose e reduzindo o risco de quedas e fraturas.

Mais do que músculos fortes: Uma mente afiada e um humor radiante:

Os benefícios da atividade física transcendem o aspecto físico. O cérebro, assim como os músculos, também se beneficia do exercício. A prática regular melhora a circulação sanguínea no cérebro, otimizando o fornecimento de oxigênio e nutrientes essenciais para as funções cognitivas. Isso se traduz em uma memória mais afiada, maior capacidade de concentração e raciocínio, além de contribuir para a prevenção de doenças neurodegenerativas como Alzheimer e Parkinson.

Além disso, a atividade física atua como um poderoso aliado no combate à depressão e ansiedade, tão comuns na terceira idade. Ao estimular a produção de hormônios como a endorfina, os exercícios físicos promovem uma sensação de bem-estar e felicidade, elevando a autoestima e a qualidade de vida.

Sono reparador para recarregar as energias:

Um sono de qualidade é fundamental para a saúde física e mental em todas as fases da vida. Na terceira idade, a regularidade na prática de atividade física contribui para a regulação do sono, combatendo a insônia e proporcionando noites mais tranquilas e reparadoras. Isso significa acordar mais disposto, com energia para aproveitar ao máximo o dia.

Prevenindo e controlando doenças crônicas:

Doenças crônicas como hipertensão, diabetes e colesterol alto são frequentes na terceira idade. A boa notícia é que a atividade física pode auxiliar no controle e prevenção dessas doenças, reduzindo a necessidade de medicamentos e melhorando a qualidade de vida.

No caso da hipertensão, os exercícios físicos ajudam a regular a pressão arterial, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares. Já para o diabetes, a atividade física aumenta a sensibilidade à insulina, contribuindo para o controle do açúcar no sangue. No que tange ao colesterol alto, os exercícios físicos auxiliam na diminuição do colesterol LDL (“ruim”) e no aumento do HDL (“bom”).

Uma vida social mais ativa e prazerosa:

A prática de atividade física na terceira idade também abre portas para uma vida social mais ativa e prazerosa. Ao participar de aulas em grupo, como dança, natação ou yoga, os idosos podem fazer novos amigos, combater o isolamento social e se divertir enquanto cuidam da saúde.

Começando a jornada com segurança:

Para garantir uma experiência segura e prazerosa, é fundamental iniciar a prática de atividade física na terceira idade com orientação profissional. Um médico geriatra ou um fisioterapeuta especializado em geriatria podem avaliar as condições de saúde e prescrever um programa de exercícios individualizado, considerando as necessidades e limitações de cada indivíduo.

A escolha da atividade ideal:

A variedade de atividades físicas disponíveis é ampla, permitindo que cada idoso encontre uma opção que lhe traga alegria e motivação. Caminhadas, natação, dança, yoga, pilates, tai chi chuan são apenas alguns exemplos. O importante é escolher uma atividade que seja prazerosa e que se encaixe na rotina do dia a dia.

Intensidade, tempo e regularidade:

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que os adultos com mais de 65 anos pratiquem pelo menos 150 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada ou 75 minutos de atividade física aeróbica vigorosa por semana. Além disso, é importante realizar atividades que fortaleçam os músculos pelo menos dois dias por semana.

Lembre-se: A atividade física na terceira idade é um investimento na saúde, na qualidade de vida e na longevidade. Comece hoje mesmo a se movimentar e desfrute dos inúmeros benefícios que ela oferece!

VEJA TAMBÉM:

Academia Êxito Barro Preto

Rua Araguari, 746 – Barro Preto
Belo Horizonte, Minas Gerais 30190-110
Brasil
Telefone: (31) 32924173